5 dicas valiosas para quem está começando no Texas Hold’em

O Texas Hold’em é um jogo de cartas que recompensa a habilidade e a técnica dos jogadores e é justamente isso que o torna um dos mais emocionantes do mundo. Existe, claro, uma certa dose de sorte envolvida, mas é muito mais provável que um jogador experiente e bem preparado saia vitorioso no longo prazo – afinal, não é coincidência ou sorte que haja profissionais que constantemente estão na zona de premiação dos torneios. 

Portanto, se você ainda é principiante, certifique-se de decorar bem as regras do Texas Hold’em para aumentar as suas chances de ganhar. Além disso, também é preciso dominar termos essenciais do jogo, como dealer, blinds, flop, pré-flop, showdown, turn e river. Na dúvida, não deixe de conferir este glossário rápido com a descrição de cada um deles. 

Tudo pronto? Então confira abaixo cinco dicas preciosas para quem está começando a se aventurar pelo Texas Hold’em. 

Conheça a sua posição

A melhor posição para se estar no Texas Hold’em é no botão, ou seja, quando se é o dealer. Quando você está no botão, você é a última pessoa a agir em três das quatro rodadas de apostas – após o flop, o turn e o river. Por isso, quando chegar a sua vez, você terá pleno conhecimento de quantos outros jogadores ainda estão na rodada e poderá tomar uma decisão muito mais bem informada sobre se deve apostar e o quanto apostar. Em resumo, a “última palavra” é sua. 

Já a pior posição é o small blind, que fica diretamente à esquerda do dealer. Depois do flop, do turn e do river, você é quem deve agir primeiro. Às vezes, você pode se aproveitar dessa situação ao jogar de forma mais agressiva, mas é muito melhor agir por último.

Além das diferentes posições na mesa, preste atenção também no número total de jogadores. Por exemplo, uma mão que não vale a pena ser jogada com sete oponentes pode se tornar forte quando se joga com apenas dois ou três, já que há menos competição na mesa. Por fim, quanto menos jogadores houver, mais você será forçado a apostar, então você precisa ser mais agressivo.

Concentre-se nos outros jogadores

No começo, é fácil ficar concentrado na própria mão e perder de vista os outros jogadores. Mas você precisa estar ciente de quantas fichas eles têm (basta uma ideia aproximada, você não precisa contar todas elas), quais cartas eles podem ter e qual seria sua melhor mão possível tendo em vista as cartas comunitárias que são compartilhadas por todos.

Observar como os outros jogadores se comportam também é bastante útil. Procure perceber quem blefa e quem joga com mais agressividade. Se um jogador que quase nunca aposta mais de R$ 10 de repente entra com uma aposta de R$ 50, você deve ter cautela. Isso é um forte indício de que ele tem algo concreto nas mãos.

Já se um jogador perde uma mão bastante boa e depois volta com uma aposta alta, isso pode ser um sinal de que ele está frustrado e apostando de forma imprudente. Caso você tenha uma mão sólida, este poderia ser um bom momento para forçar a mão, já que alguém jogando assim provavelmente não vai correr. 

Caso tenha uma mão forte não deixe os jogadores verem o flop pagando pouco. Photo by Michał Parzuchowski on Unsplash

Não deixe que os outros jogadores vejam o flop de graça

Se você tem uma mão forte o suficiente para ver o flop, não deixe que os outros jogadores a vejam de graça. Nesse caso, você deve ao menos aumentar a aposta mínima de maneira a eliminar cartas fracas. Jogadores iniciantes adoram ver o flop pagando o mínimo possível, mas isso é perigoso. 

Digamos que a sua mão é um A-K e os outros jogadores têm um 7-4 e um 10-5. Você talvez conseguiria tirá-los da rodada ainda no pré-flop. Mas se você permitir que eles vejam o flop pelo preço do big blind, algo desastroso pode acontecer. Neste caso, virar um 10-9-8 na mesa. Você não tem nada e um de seus oponentes tem um open ended straight draw, enquanto o outro tem um par de 10s. Você desperdiçou uma ótima mão inicial.

Não tenha medo de sair depois do flop

Correr depois do flop é algo difícil para muitos jogadores iniciantes. “Eu já coloquei dinheiro no pote, então é melhor ficar e ver o que acontece”, é o que costuma passar na cabeça deles. Mas esse tipo de pensamento pode fazer com que você perca muitas fichas.

Mesmo que você comece com uma ótima mão, o flop pode lhe afundar. Digamos que você tenha um A-K, mas no flop aparece um J-J-5. Isso não lhe ajuda em nada e se alguém tiver um mero J, de repente, você se tornou um azarão. Mesmo que um A, um K ou ambos apareçam depois, você continuará perdendo para os três Js. Se o flop não melhorar sua mão e você não estiver segurando um par alto, talvez seja melhor correr.

Da mesma forma, às vezes também é melhor sair depois do flop mesmo quando você acha que ele está lhe ajudando. Digamos que você tem um Q-6 e o flop é K-10-6. Uma tendência natural dos principiantes é se concentrar no que deu certo: um par de 6s. Mas o K e o 10 são extremamente perigosos. Você tem um par baixo, o que significa que qualquer outro jogador com um K ou um 10 está à sua frente.

turn e river texas holdem
É preciso ser estratégico na hora do turn e do river. Foto por Pixabay, Licença Pexels

Jogue com inteligência no turn e no river

Caso esteja segurando um draw após o turn, ou seja, precisa de apenas uma carta para ter uma boa mão (como um straight ou um flush), tente chegar ao river pagando o mínimo possível. E se tiver certeza de que tem a melhor mão possível após o turn, faça com que os oponentes paguem caro para ver o river. Além disso, se as cartas comunitárias incluírem um par, lembre-se de que você pode enfrentar um full house ou uma trinca. Já se elas mostrarem três cartas do mesmo naipe, cuidado com o flush. 

Após o river, sua decisão de dar check, aumentar a aposta, correr ou pagar depende apenas do valor das suas cartas, já que você não tem mais a possibilidade de melhorar a sua mão. Por isso, se você acha que seu oponente pode ter uma mão melhor, geralmente não é aconselhável blefar aqui.

Conclusão

Agora você já está muito mais bem preparado para sair vitorioso no Texas Hold’em. Gostou das nossas dicas para quem está começando? Ou acha que ficou faltando algum outro conselho valioso? Comente abaixo e compartilhe sua opinião. 

Crédito da imagem de abertura do post: Foto por StockSnap, Licença Pixabay

Sobre o Autor

Rafael H.
Rafael H.

Entusiasta do esporte desde 2007, Rafael criou o Shark Poker Reviews para auxiliar a todos que estão procurando o melhor espaço para que está aprendendo a jogar poker online. Jornalista, Rafael também gosta de se dedicar ao marketing digital e resolveu unir essas duas paixões neste blog!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *