Dicas incríveis de Como Jogar Poker Online

Textos sobre os melhores sites para Jogar Poker Online, dicas sobre Como Jogar Poker e entrevistas com os principais nomes do Poker no país.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro! INSCREVA-SE para ganhar um BÔNUS no Pokerstars!

Semi-Blefe: o que é e quando usar

Semi-Blefe: o que é e quando usar

Semi-blefe é um modo persuasivo de lidar com situações desprivilegiadas. Antes de mais nada, você não vai aprender a enganar pessoas. Mas sim, ocultar suas intenções e fraquezas. Pois a chave da vitória é prever armadilhas. Além de saber se defender com sabedoria.

A princípio, muitos iniciantes adotam o blefe de forma errada, pois pensam que essa ação é suficiente para vencer. Ou então, que podem blefar várias vezes no jogo. Só que não conseguirão justamente porque o adversário vai notar. Por consequência, não vai funcionar mais. 

Além disso, tem hora certa para aplicar. Por isso, vamos trazer um conteúdo que vai mudar o jogo. Então, neste artigo, saiba como aplicar o semi-blefe no momento exato. Quer saber mais? Confira a seguir!

Semi-blefe: o que é?

Antes de mais nada, blefar faz parte do poker. Isto é, todo jogador deve desenvolver essa habilidade. Em outras palavras, é necessário para ganhar uma aposta. Diante disso, temos o blefe-puro e o semi-blefe. 

No primeiro caso, significa apostar com uma “mão” sem valor. No segundo, é apostar com uma mão de poker meio-termo, quando você ainda não tem um jogo pronto, mas que pode alcançá-lo ao virar as próximas cartas comunitárias. O objetivo é fazer com que o oponente pense que tem uma “mão” forte. Por isso, ser habilidoso na fraqueza é essencial. Ou seja, não mostre ansiedade ou desespero.

Inclusive, os Engenheiros Sociais ou Hackers adotam essa prática. 

Jogam iscas para o lado oposto e confundem as pessoas. Quando ele está longe, finge estar perto e vice-versa. Logo, blefa o tempo todo. Assim acontece no poker, mas isso não é uma tarefa simples. Visto que requer desenvolver habilidades. 

Quando evitar?

Sem dúvida, é importante prever a jogada do oponente. Portanto, fique atento. Dessa forma, note as tendências do oponente. Caso haja sinal de um raise ou call, não aplique o semi-blefe. Quando isso acontecer, dê um check e torça para a “mão” melhorar. 

A arte de blefar: como aplicar de forma certa?

Em primeiro lugar, saiba a importância de blefar no momento certo. Aliás, o blefe no poker tem o objetivo de fazer o oponente desistir. Isto é, dar o fold. Então, a hora exata para usar é quando a “mão” é ruim e você vê que seu oponente tem grandes chances de pagar. Por exemplo, se você está blefando num momento em que cartas comunitárias indicam uma chamada para sequência, por exemplo, há grandes chances que você tome um call, já que algum dos seus oponentes pode estar acreditando que sua mão irá se completar. Portanto, essa é uma habilidade indispensável de um grande jogador. 

Seja coerente nas ações

Acima de tudo, o blefe exige ações que façam sentido. Do contrário, não vai fazer efeito nenhum. Logo, tenha atitudes coerentes na mesa. Por exemplo, não tome decisões que revele intenções contrárias. Isto é, faça uma jogada alinhada às expressões faciais, por exemplo. Além disso, controle as emoções de desespero, ansiedade ou muita segurança.

Arrisque com menos oponentes

Sem dúvida, o número de jogadores envolvidos é fundamental. Por exemplo, apostar contra 2 ou mais jogadores significa ter mais força. Em contrapartida, é provável que alguém tenha uma “mão boa” para pagar. Assim sendo, roube o pote quando tiver apenas 1 oponente e de preferência nas posições finais da mesa de poker.

Seja assertivo

Antes de tudo, crie um avatar para se posicionar. Certamente, ele é uma espécie de personagem ideal. Só que diferente do teatro, o objetivo não é apenas encenar. Mas sim, de comunicar ao oponente aquilo que deseja. Por exemplo, com base no seu comportamento, os jogadores terão uma percepção sobre você. Por isso, criar um avatar fará com que transmita exatamente o que precisa.

Em outras palavras, saiba qual é a imagem exata que quer transmitir. Desse modo, você constrói o avatar e ganha total controle. Por exemplo, conhecer bem o adversário e suas fraquezas, o levará à vitória. Mas, se ele vestir um avatar, não vai saber as fragilidades reais dele. Em seguida, incorpore o personagem. 

Logo, o adversário vai atacar o avatar e não você. Portanto, as armadilhas não farão efeito. Além disso, permitirá que revelem mais sobre ele. Isto é, quais são suas táticas. Porque assim, facilitará a identificação de seus blefes. Isto é, ser assertivo significa traçar um plano eficiente. Ou seja, definir estratégias e planejá-las. Por isso, treine o avatar como se fosse entrar em cena.

Em outras palavras, evite transparecer emoções. Por exemplo, insegurança, ansiedade, desespero ou confiança. Quando você adquire autocontrole consegue ler o seu oponente.

Então, uma boa estratégia é sempre mudar o avatar. Ora seja passivo, ora agressivo. Isto é, haja como um bipolar. Assim, você dificultará que eles reconheçam o seu verdadeiro perfil. Por isso, comece manso e, de repente, fique agressivo. Porém, vale lembrar que os jogadores também podem usar a mesma tática.

Tenha foco

Antes de mais nada, evite distrações. Por exemplo, desligue a televisão, evite redes sociais e aplicativos de mensagens. Dessa forma, ganhará vantagens sobre o adversário. Por fim, não participe de jogos em dias ruins. Há fases da vida em que estamos tristes, cansados ou irados. Isso irá a afetar o desempenho nos jogos.

Estude sobre pessoas

Conforme mencionei antes, estudar sobre pessoas é a chave do sucesso. Não só no poker, mas no contexto pessoal também. Ou seja, entender sobre elas ajudará a vencer as apostas. Por isso, jogar poker requer treino de novas habilidades. Além disso, exigirá que aprenda sobre si mesmo. Por fim, aprenda com os grandes jogadores.

Desde já, tenha em mente que táticas ficam obsoletas. Logo, todo mundo aprende e faz igual. Por exemplo, as técnicas de venda funcionam com leigos, mas e com vendedores? Certamente, não funcionará. Porém, se estudar sobre pessoas e a si mesmo, criará as próprias técnicas. Dessa forma, ninguém notará as estratégias.

Do mesmo modo, aplicar técnicas de liderança para líderes, não funciona. Afinal, eles conhecem todas as ferramentas. Com o tempo, todo mundo já conhece. Por isso, os mude de tática sempre.

Porém, a chave do sucesso é entender que táticas funcionam a curto prazo. Além disso, é compreender que pessoas não são máquinas. Logo, elas se diferem uma das outras. Contudo, conhecer o funcionamento do ser humano a fundo é o segredo. Sem dúvida, quem tem esse conhecimento, vence as apostas. Mas acima de tudo, aprenda sobre si mesmo.

Aprenda a ser estrategista

A princípio, desenvolver a habilidade estratégica exige autoconhecimento. A partir disso, você consegue interpretar as pessoas. Logo, permite dominar qualquer situação a seu favor. Isto é, te capacitará a atuar com previsibilidade. Ou melhor, a prever as ações das pessoas.

Razão essa, que eles conseguem antecipar os próximos passos. Por exemplo, no xadrez também ocorre o mesmo. Logo, entrar no jogo para vencer significa prever o final dela. Portanto, ao adquirir essa habilidade você garante a sua vitória. A princípio, muitos jogadores sentem medo de blefar. Porém, com o tempo aprimoramos. Do contrário, vai perder todas as partidas

Por isso, inicie a partida com cautela e observe. Além disso, aprenda tudo sobre estatística, probabilidade e se possível, psicologia. Depois, coloque em prática todas as partidas. Por fim, estude e treine bastante. Agora, você já conseguiu vender algo para um vendedor? Ou, já liderou algum líder? Ou então, blefou para um jogador de poker experiente? 

Sem dúvida, se respondeu sim para alguma questão, já tem experiência com pessoas. Além de se conhecer bem. Portanto, não precisa das táticas dos outros. Com toda certeza, chegar nesse nível, te torna um bom jogador. Afinal, suas estratégias são próprias e só você sabe. 

Do contrário, terá que desenvolver habilidades. Porque para blefar com maestria precisa ser estrategista. Antes de ser jogador de poker, aprenda sobre estratégias.

Em suma, blefar faz parte do mundo do poker. No entanto, requer que você aprenda novas habilidades. Do contrário, nenhuma técnica funcionará.

Gostou do artigo? Quer se aprofundar mais sobre a técnica do semi-blefe? Veja outros posts recentes no blog.

Foto de Clifford Photos no Pexels

Sobre o Autor

Fabiana K
Fabiana K

Fabiana Kanpeki é Redatora Estrategista, Copywriter e Ghostwriter. Graduada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Unopar, amante da leitura e da arte de escrever. Fabiana também fez o treinamento de alta performance chamado High Stakes Academy.

    2 Comentários


    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *